Yin - Yang: Integrando - Parte 3

Yin - Yang: Integrando - Parte 3

Milene Siqueira *

Podemos perceber o yin e o yang nas mudanças das estações, na atmosfera, no ciclo das noites e dias. Podemos vê-los no crescimento das plantas; uma semente precisa de terra (yang) e água (yin) para se desenvolver. Da casca da semente um broto explode para fora e as raízes delicadas começam a crescer.

O movimento para cima (yin) do broto é equilibrado pelo movimento para baixo (yang) das raízes. Quando a muda brota da terra, o seu ambiente muda completamente. Está agora sob a influência do ar (yin), que desenvolve folhas para fora (yang) e mais tarde botões (yin), depois flores (yang) e frutos (yin). O fruto torna-se mais e mais maduro (yin), até finalmente cair na terra (yang) e o ciclo recomeça - R. Tisserand

Encontrar o ponto de equilíbrio é tarefa constante, é caos (yin) e ordem (yang), porque sem um, não há o outro.

E quanto maior a instabilidade, maior a possibilidade de novas formas de ordem - Pedro Paulo Monteiro sobre Elya Prigogine. O maior problema não é o desequilíbrio em si, mas a falta de ritmo.

Yang que é força centrípeta (para o centro) e yin centrífuga (para longe do centro), se não se complementam em seus opostos, são movimentos que exaurem até que cheguem ao seu limite, quando se alternam. Se não percebemos e respeitamos esse ritmo, podemos passar por longos períodos 'dançando feio'..., por isso a observação é na 'música' que comanda o ritmo.

Sempre que há um excedente vibratório, a vibração oposta estará proporcionalmente prejudicada, insuficiente. A deficiência de yin ou de yang implica em que esta não foi reconhecida, valorizada, decodificada. Mas quando os valores começam a despertar no Ser, as sombras igualmente começam a se dissipar, e a integração pode acontecer.

Fatores internos geram fatores externos e vice-versa, então podemos ficar 'animados', beneficiados por meio da alimentação, da respiração, terapias e dos óleos essenciais (OEs), por exemplo.

A respiração Yin Yang

Se vivermos como respiramos, inspirando e soltando, não poderemos errar - Clarissa P. Estés.

A respiração é a forma primordial (vital) de encontrar o ponto de equilíbrio, de harmonia. Deveríamos respirar plenamente levando energia para todas as partes do corpo. Sugiro a leitura do texto Respiração Plena, que descreve como é a respiração sadia, profunda, que harmoniza as vibrações yang e yin. 

Aliado a respiração, estão os exercícios físicos, recomendo a leitura do livro Mente e Cérebro Poderosos, de Conceição Trucom, onde consta uma série de exercícios respiratórios e físicos que harmonizam, eliminando bloqueios, principalmente do corpo emocional. Estas práticas faziam parte das milenares ciências orientais e ocultas, hoje a disposição do saber. Este livro, ajuda na compreensão e dá dicas para estimular as atividades dos aspectos lógico (yang) e intuitivo (yin) da mente, talvez a mais poderosa das integrações!

Alimentação Yin Yang

Depois da respiração, vem a alimentação, ajustando a dieta mais propícia a cada predominância... Pessoas com excesso de yang precisam aumentar o consumo de alimentos yin e vice-versa. 

Outras terapias Yin Yang

O conhecimento milenar da dualidade, é a base da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), que detalhou e fez analogias aos 5 elementos e órgãos em nosso corpo. É a Medicina que trabalha no equilíbrio yin/yang, mantendo o bem estar e atuando na prevenção. 

Derivam do conhecimento yin/yang, o Feng Shui (harmonização ambiental), a Acupuntura, a Moxabustão, Do-In, Shiatsu, etc. Mas muitas outras terapias e filosofias com outros nomes, partem do mesmo embasamento do conhecimento da dualidade, e da atuação do tratamento de forma sistêmica. 

Óleos Essenciais (OEs) que estimulam o Yin ou Yang

Entre os auxílios da natureza, temos o benefício através do estímulo olfativo com o uso dos OEs.

Cada OE se manifesta com estímulos ao yin ou yang, mas a classificação nem sempre é rigorosa, pois pode até ser considerada neutra como é o caso da lavanda em algumas teorias (em outras, não consta o quesito neutralidade); ou ser referida por gênero químico, que ressaltam as qualidades como sedativo ou estimulante; se o óleo é frio ou quente; parte da extração da planta ou seu desenvolvimento; e até outras teorias como cores, notas olfativas, taxa de evaporação, regência planetária, etc. Dessa forma, podemos encontrar um mesmo OE com algumas divergências classificatórias, conforme o ponto de abordagem usado.

Na teoria do yin-yang o maior valor deve se dar pela relatividade: mais importante a interação com o ambiente, do que pelo que se é isoladamente.

Por possuírem a dualidade intrínseca, os OEs irão colaborar na harmonia da maioria dos aspectos a serem tratados. Outra relevância é a afinidade olfativa, seremos naturalmente atraídos pelo aroma oposto-complementar, do que estiver vibrando em nós em maior grau. Yang atrai Yin e Yin atrai Yang, que não equivale a noção ocidental de opostos. Trabalhar com a complementariedade é sempre o primeiro passo na sabedoria!

Algumas sugestões de OEs:

Alerta: antes de escolher e usar um OE, leia sobre o seu uso e precauções.

Ação equilibrante dos opostos: Lavanda e hortelã-pimenta que embora fria (yin), também aqueça (yang) no frio e regula temperatura e humores. Podem ser usadas frequentemente.

Usar quando em excesso de YIN, se a intenção é:

Aquecer: canela, cravo, gengibre e alecrim. 

'Aterrar': gengibre, patchouli, cedro, tomilho, manjericão e tea tree (melaleuca). 

Aumentar a auto-estima: patchouli, ylang ylang e grapefruit. 

Decisão: sálvia esclaréia, limão, lavanda, vetiver e patchouli. 

Dissipar o medo: gerânio, sálvia-esclaréia, tangerina e abeto. 

Dor nas pernas, varizes: capim-limão, tea tree, cipreste, hortelã-pimenta e limão.

Drenar: erva-doce/funcho, cipreste, junípero, cítricos, cedro, eucalipto, capim-limão e gerânio. 

Movimentar: alecrim, laranja, limão, tangerina e eucalipto. 

Ordem: tangerina,  laranja,  limão, hortelã-pimenta e hortelã-do-campo. 

Usar quando em excesso de YANG, se a intenção é:

Ansiedade: bergamota, camomila, lavanda, manjerona, tangerina e gerânio. 

Contratura muscular: alecrim e lavandim. 

Controle da fala e da expressão (comunicação): cipreste e erva-doce/funcho. 

Hipertensão: lavanda, capim-limão, ylang-ylang e manjerona.

Insônia: lavanda, camomila, tangerina, manjerona e ylang ylang. 

Meditação e espiritualidade: olíbano, breu, cedro, sândalo e lavanda. 

 

Raiva: camomila, gerânio e hortelã-pimenta. 

Receptividade: ylang ylang, jasmim, rosa e palmarosa. 

 

Relaxar e/ou Sedar: camomila, ylang ylang, rosa, bálsamo do peru, pau-rosa, palmarosa, abetos/pinheiros.

Rigidez muscular/flexibilidade: olíbano, tea-tree, vetiver e turmérico. 

Em resumo:

OEs com dominância YIN: rosa, ylang-ylang, cipreste e camomila.

OEs com dominância YANG: tomilho, alecrim, limão, cravo, canela, patchouli, vetiver, olíbano e breu.


Conexão Corpo

Tudo o que o mundo pode dar-vos é um corpo - uma arca para navegar pelo mar da vida dual - Mikhaïl Naimy.

Na medida em que nos retiramos para nossas mentes, esquecemos como 'pensar' com nossos corpos, de que modo usá-los como agentes de conhecimento - Fritjof Capra.

Todos as dicas listadas acima (alimentação, respiração, terapias, OEs) visam a estabelecer conexão entre o corpo sensorial (yin) e o corpo mental (yang). Poderemos então 'pensar' além da mente,  sermos 'tocados', sentindo primeiramente e adentrar no fluxo coerente... "ser, sentir, pensar..."

Estar presente em cada ação, não deixando a mente vagar é saúde mental!

A consciência do corpo interior nos mantém no presente. Quando estamos 'enraizados' dentro de nós, a ansiedade desaparece, o passado fica para trás: ...o corpo interior está na fronteira entre a forma e a essência, que é a sua verdadeira natureza - Ekhart Tolle. 

Sermos harmonicamente dinâmicos, gera o bem estar, de quem convive conosco, da sociedade, enfim da nossa presença no mundo, dinamizando os aspectos do Ser em plenitude. Devemos cuidar das nossas emoções, fazer prevalecer o sentimento, respeitar as diferenças, e acolher a dualidade. Nada complicado, tudo simples de verdade!  

A dualidade é uma fricção constante. E a fricção dá a ilusão de duas superfícies que se opõem, inclinadas à autodestruição. Em verdade, os opostos aparentes estão completando-se, preenchendo-se e trabalhando de mãos dadas por um só objetivo - a paz perfeita, a unidade e o equilíbrio da Sagrada Compreensão - Mikhaïl Naimy.

 

Referências: Quem Somos Nós? O Enigma do Corpo - Pedro Paulo Monteiro

Mulheres que Correm com os Lobos - Clarissa Pinkola Estés

www.docelimao.com.br - Conceição Trucom

O Ponto de Mutação - Fritjof Capra

O Poder do Agora - Eckhart Tolle

O Livro de Mirdad - Mikhaïl Naimy

Aromaterapia e Óleos Essenciais - www.aromarte.com.br

Milene Siqueira - aromaterapeuta inata, fala deste assunto com a naturalidade de um sábio. Criou a Arom'Arte, uma empresa que respira e transpira a aromaterapia, mas com o plus da beleza e o delicado de cada etiqueta, bula ou embalagem. É para aArom'Arte que passo todos os internautas interessados nos produtos da Aromaterapia.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autoria e a fonte www.docelimao.com.br 


Assine o Doce Limão

Você gosta do nosso conteúdo? Seja um embaixador do Doce Limão e contribua para que ele continue sendo produzido! Além disso, você tem acesso a todo conteúdo de assinante: 11 cursos online (incluindo o Cosmética Natural), palestras, vídeos, receitas, e-books, suporte e muito, muito mais.
1
mês
Assinatura mensal
R$ 20,00 /mês
Cobrança automática no cartão
Assinar
6
meses
Assinatura semestral
R$ 120,00
R$ 110,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar
12
meses
Assinatura anual
R$ 240,00
R$ 200,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar

 

Loja Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossa loja. Clique e adquira já.

 

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine