Crises respiratórias aumentam mais de 40% nos dias frios

Crises respiratórias aumentam mais de 40% nos dias frios

Conceição Trucom*

Gripe, rinite ou resfriado? O que você tem?

Dias mais frios do que no início do ano, tempo seco e mudanças rápidas na temperatura. Essas são as características mais comuns do outono, estação que teve início no dia 20 de abril. As condições climáticas deste período afetam, principalmente, a respiração, resultando em alergias, sinusites e resfriados. Nos dias mais frios do ano, as crises respiratórias aumentam em cerca de 40%.

A Academia Brasileira de Rinologia (ABR), que lançou a campanha informativa "Respire pelo Nariz e Viva Melhor", tem o objetivo de esclarecer a população sobre o impacto da respiração nasal na qualidade de vida. "Desejamos conscientizar a população da importância da respiração ser realizada de forma correta, e isso se inicia pelo nariz desobstruído", explica o presidente da ABR e otorrinolaringologista, Renato Roithmann. Quem tiver interesse, pode obter mais informações através do site da Academia (www.rinologia.org.br) e da campanha "Respire pelo Nariz e Viva Melhor" (www.respirepelonariz.org.br).

Um dos temas abordados é a alta incidência de doenças nasais nas épocas mais frias do ano. Entre as afecções mais comuns estão a gripe, os resfriados, as rinites e as sinusites, doenças que causam a obstrução nasal e dificultam a respiração correta.

Além do já citado clima seco, outro vilão para a respiração é o ácaro, que marca presença nas roupas e cobertores, até então esquecidos nos armários. A rápida mudança nas temperaturas também contribui para o surgimento de gripes e resfriados. De acordo com o Roithmann, as pessoas devem sempre manter o corpo quente. "Os conselhos da avó devem ser sempre levados a sério: é preciso ter cuidado, por exemplo, com a friagem", informa o médico.

Gripe x Resfriado x Rinite

Bastam alguns espirros para que as famosas crenças populares entrem em cena. A avó diz que é gripe. Para a mãe, é um resfriado, enquanto o tio garante que a causa do problema é a rinite. Qual deles está certo?

Por terem sintomas semelhantes, apesar das causas diferentes, é comum que as pessoas se confundam na hora de “pré-diagnosticar” o problema. Com isso, aumenta o risco do consumo inadequado da medicação, além do atraso no início do tratamento correto. Veja abaixo as características destes distúrbios respiratórios:

Resfriado
O resfriado é causado pelo rinovírus. Possui sintomas leves e, geralmente, o tratamento é rápido. O sintoma predominante do resfriado é a obstrução nasal e são raros os casos em que o paciente apresenta febre ou dores musculares.

Gripe
A gripe é uma doença infecciosa, causada pelo vírus Influenza. Os sintomas desta moléstia são mais fortes do que os apresentados no resfriado. Os infectados apresentam febre alta, dores musculares e de cabeça, cansaço e obstrução nasal. O ciclo da doença dificilmente ultrapassa dez dias, tempo que varia conforme o sistema imunológico do paciente. Para o tratamento da gripe, recomenda-se repouso, alimentação balanceada e ingestão abundante de líquidos. O uso de antialérgicos e antitérmicos deve ser administrado conforme orientação médica.

Rinite alérgica
A rinite é uma inflamação do revestimento interno do nariz. “As rinites se caracterizam por quatro sintomas básicos: nariz entupido, secreção nasal, espirros e coceira no nariz”, informa Roithmann. Os sintomas são manifestados logo após alguns minutos do contato com o alérgeno (substância que provoca a alergia). Ao contrário da gripe e do resfriado, os pacientes não apresentam desconfortos como dores musculares e de cabeça, febre e indisposições. Para o tratamento deste tipo de alergia, é indicada a limpeza do ambiente, para que sejam tirados os agentes causadores da alergia. Como nem sempre esta limpeza é possível, o tratamento medicamentoso (que inclui vacinas) consiste na imunização do paciente.

Rinite - Prevenção começa em casa
• Evite tapetes, carpetes, cortinas e almofadas no quarto de dormir. Dê preferência a pisos laváveis e persianas que possam ser limpas com pano úmido;
• Camas e berços não devem ser colocados junto à parede;
• Evite mofo e umidade. Uma solução de ácido fênico a 2,5% pode ser passada nos locais mofados, até uma solução definitiva ser tomada;
• Evite animais de pelúcia e estantes de livros no quarto;
• Evite travesseiros de paina ou penas. Prefira os de espuma, e sempre que possível, envoltos em material plástico (napa);
• Da mesma forma, faça uma capa para o colchão de material que possa ser limpo com pano úmido;
• Evite vassouras e espanadores de pó. Passe pano úmido diariamente na casa antes do uso de aspirador de pó e, de preferência, duas vezes ao dia no dormitório;
• Evite animais de pêlo. Animais de estimação ideais para pessoas alérgicas são os peixes e tartarugas. Caso seja impossível evitar os mascotes, eles devem tomar banho pelo menos uma vez por semana e não podem, de forma alguma, permanecer próximos à cama;
• Evite desinfetante e produtos de limpeza com odor forte e;
• Verifique periodicamente as áreas úmidas da casa para evitar o surgimento do mofo.

Cuidados pessoais:
• Evite talcos e perfumes;
• Evite banhos muito quentes. A temperatura ideal da água é a mesma do corpo;
• Não fume dentro de casa;
• Roupas raramente usadas devem ser arejadas e, se possível, lavadas antes do uso e;
• Dê preferência à vida ao ar livre. Esportes podem e devem ser praticados.

http://www.revistacircuito.com/101crisesrespiratorias.asp

Recomendações Conceição Trucom para EVITAR estas doenças e crises agudas:

• Aumente o consumo de alimentos vegetais crus e frescos na forma de saladas verdes, saladas de frutas, sucos, mousses e vitaminas;
• Aumente o consumo de sementes e germinados que irão fortalecer o organismo como um todo, além de melhorarem as condições de excreção dos pulmões, rins, fígado, pele e intestinos;
• Aumente o consumo de gengibre e pimentas (com bom senso e de preferência nos sucos desintoxicantes) pois são alimentos que ajudam na expansão dos pulmões ;
• Pratique exercícios respiratórios prazerosos como a meditação, a terapia do riso, o canto de mantras, karaokê...

Leia também, para fortalecer o sistema imunológico: Terapia Intensiva do Limão


Assine o Doce Limão

Você gosta do nosso conteúdo? Seja um embaixador do Doce Limão e contribua para que ele continue sendo produzido! Além disso, você tem acesso a todo conteúdo de assinante: 11 cursos online (incluindo o Cosmética Natural), palestras, vídeos, receitas, e-books, suporte e muito, muito mais.
1
mês
Assinatura mensal
R$ 20,00 /mês
Cobrança automática no cartão
Assinar
6
meses
Assinatura semestral
R$ 120,00
R$ 110,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar
12
meses
Assinatura anual
R$ 240,00
R$ 200,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar

 

Loja Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossa loja. Clique e adquira já.


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine