Redução consumo carne e lácteos pode ser decisiva no cumprimento das metas climáticas

Redução consumo carne e lácteos pode ser decisiva no cumprimento das metas climáticas

Frederik Hedenus et all - Universidade de Tecnologia de Chalmers *

Tradução exclusiva para o Doce Limão por Fernando Trucco **

"Nós mostramos que a redução do consumo de carne e de produtos lácteos é a chave para conseguir diminuir a poluição climática provocada pela agro-pecuária e sua indústria e alcançar níveis seguros", diz Fredrik Hedenus, um dos autores do estudo.  

As emissões de gases de efeito estufa provenientes da industrialização de alimentos podem ameaçar a meta climática estabelecida pelas Nações Unidas de limitar o aquecimento global a dois graus Celsius, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Tecnologia de Chalmers, Suécia. 

 

As emissões de dióxido de carbono dos setores de energia e transporte têm representado tradicionalmente a maior parte da poluição climática. No entanto, um novo estudo mostra agora que a eliminação dessas emissões não garantiria satisfazer o limite estabelecido pelada ONU. 

Se continuar aumentando os índices de contaminação climática devido ao constante incremento da produção de carne e de laticínios, as emissões provenientes desta indústria da agro-pecuária são das mais preocupantes! 


Em 31 de março de 2014, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) apresentou seu relatório sobre os impactos das mudanças climáticas. 

Se as emissões agrícolas não forem restringidas, os gases produzidos pela agro-pecuária e sua indústria, como o óxido nitroso e o gás metano gerado pela fermentação entérica dos animais, pode dobrar até o ano de 2070. Isso por si só torna impossível o cumprimento do objetivo climático requerido pela ONU. 

"Nós mostramos que a redução do consumo de carne e de produtos lácteos é a
chave para conseguir diminuir a poluição climática provocada pela agro-pecuária
e sua indústria
e alcançar níveis seguros", diz Fredrik Hedenus, um dos autores do estudo. 

Conseguir uma mudança significativa da dieta pode demorar muito tempo,
mas deveríamos estar pensando hoje no que podemos fazer para sermos mais amigáveis com
o clima... de quebra sermos mais amigáveis com os animais e nossa saúde.
Conceição Trucom
 

Em 2070 a quantidade de habitantes do planeta terá aumentado expressivamente. As dietas ricas em carne, leite, queijo e outros alimentos associados com altas emissões de gases efeito estufa deverão portanto tornar-se ainda mais significativas. Devido a que as emissões agrícolas são difíceis e caras de reduzir através da alteração dos métodos de produção ou da tecnologia, estes números crescentes de pessoas, consumindo mais carne e produtos lácteos, provocarão necessariamente o aumento da poluição climática. 

"Estas emissões podem ser reduzidas com ganhos de eficiência na produção da carne e do leite, bem como com o auxílio de novas tecnologias", diz o co-autor Stefan Wirsenius. "Mas as potenciais reduções obtidas por estas medidas são bastante limitadas e provavelmente não serão suficientes para mantermos os índices climáticos dentro dos limites requeridos; se o consumo de carne e produtos lácteos continuar a crescer." 

A carne bovina e de cordeiro são responsáveis pelas maiores taxas de emissões da indústria agro-pecuária, em relação com a energia que elas fornecem. As estimativas indicam que em 2050 a carne bovina e de cordeiro serão responsáveis pela metade de todas as emissões de gases da agroindústria com efeito estufa, enquanto a contribuição calórica para os humanos será apenas de 3%. 

A produção de queijo, e outros produtos lácteos, serão responsáveis por cerca de um quarto da poluição climática agrícola total.  

Quer substituir o leite de forma completa e super natural? Conheça nosso curso online LATICÍNIOS VIVOS e aprenda a fazer leites de sementes e sucos muito saudáveis que irão transformar sua alimentação. Clique na imagem abaixo!

 

 

* Fonte: Chalmers University of Technology. "Meeting climate targets may require reducing meat, dairy consumption." ScienceDaily, 30 March 2014

** Fernando Trucco, Professional Translations. Reprodução permitida, desde que citada a fonte e o tradutor.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine