Alimentação Regenerativa da saúde: cérebro e bom humor

Como podemos melhorar a sanidade de nosso cérebro, sono e capacidade de fazer boas escolhas? Como melhorar o nosso bom humor e capacidade de perceber a vida por perspectivas mais elevadas e conscienciais? Conceição Trucom
Vamos começar com os princípios - MIGUEL AYUSO - 09.09.2013
E a NUTRICIONISTA Ros'Ellis Moraes

Que nossa dieta altera nosso humor não é segredo, mas muitas vezes esquecemos. Seja por descuido, falta de tempo ou porque impomos dietas para perder peso que acabam com nossos nervos, mantemos hábitos alimentares que danificam todo o nosso bem-estar emocional.

A relação entre comida e felicidade é bem estudada e há décadas. "Em meados dos anos oitenta, cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA) mostraram que um punhado de cerejas é melhor que qualquer medicamento antidepressivo por causa de seus nutrientes", explicou o nutricionista Miguel Ángel Almodovar à Efe , na ocasião da apresentação de seu livro. Humor Comida A cozinha da felicidade (Oberon).

A comida é a primeira coisa que um psiquiatra pode intervir para melhorar a vida de seus pacientes.

A chave para manter uma dieta que nos faz feliz reside em priorizar alguns nutrientes com certas características que promovem um humor positivo. Além disso, a dieta deve ser consistente com um estilo de vida saudável como um todo. O problema, como muitos nutricionistas apontaram, não reside em um alimento ou outro, mas na generalização de um tipo de dieta ocidental que tem sérias conseqüências para o nosso bem-estar emocional.

A dieta "louca"

Na opinião do psiquiatra americano Drew Ramsey, co-autor do livro The Happiness Diet (Rodale, 2011), a moderna dieta americana (MAD, também "louca" em inglês)) falha em fornecer os nutrientes necessários para o bom funcionamento de nosso organismo e cérebro Essa dieta, que se espalhou fortemente pelo mundo ocidental, é caracterizada por um alto teor de alimentos processados, açúcares e gorduras saturadas. Segundo Ramsey, esse tipo de alimento não é apenas responsável pela epidemia de obesidade que os países desenvolvidos enfrentam, mas também tem muita culpa no aumento da depressão e da ansiedade.

Segundo Ramsey, que divulgou suas idéias em um relatório da revista Research, uma publicação oficial da Universidade de Columbia (Nova York), a ALIMENTAÇÃO é a primeira PROVIDÊNCIA que um psiquiatra pode intervir para melhorar a vida de seus pacientes. O psiquiatra garante que a dieta da felicidade possa ser compatível com a perda de peso...

"A boa notícia é que a dieta da felicidade é composta de alimentos que você vai gostar", diz o psiquiatra americano. É uma dieta baseada em vegetais, mas carne e peixe são componentes importantes. E carboidratos também têm um lugar. 

Pitaco Conceição Trucom: em suas entrevistas ele ressalta que os peixes precisam ser livres (não de cativeiros), e as carnes de animais criados sem confinamento, sem alimentar-se com rações e hormônios.

Esses são os nutrientes e princípios ativos que promovem a felicidade e mais influenciam nosso humor, bem como os alimentos mais ricos, que devemos priorizar em nossa dieta, se quisermos cuidar de nosso bem-estar emocional.

Ácidos graxos ômega-3

De acordo com um estudo da revista Nature Neuroscience, deficiências de ácidos graxos ômega-3 podem afetar negativamente a estabilidade emocional. Peixes azuis, como atum, salmão ou cavala, são os alimentos com maior concentração desses ácidos graxos.

Pitaco Conceição Trucom: mas as folhas verdes, principalmente as PANC beldroega, beldroegão, couvinha, picão preto e alface creps (japônica), OS BROTOS, algumas algas, e as sementes oleaginosas linhaça e chia também são ricas em ômega-3 para quem é vegetariano ou vegano.

Triptofano

É um aminoácido essencial para promover a liberação de serotonina, um neurotransmissor que desempenha um papel importante na inibição da raiva e da agressividade. É uma substância que serve para controlar a ansiedade e o estresse e também evita a insônia. É um nutriente abundante nos grãos integrais, leguminosas como o grão de bico, as nozes e as bananas.

Teobromina

A teobromina é um alcaloide encontrado apenas no cacau, guaraná e erva-mate. É um importante estimulante do sistema nervoso central, portanto, os três alimentos em que é encontrado têm um efeito imediato em nosso estado emocional. Existem animais, como cães, gatos, porcos ou cavalos, que não têm a capacidade de processá-lo. Para eles, a teobromina, em certas quantidades, é letal.

Fenilalanina

A fenilamina é um dos 10 aminoácidos essenciais em humanos, sem os quais não podemos viver. Tem um claro efeito antidepressivo - de fato, geralmente é incluído em muitos medicamentos comerciais - e também funciona como analgésico. Além disso, ajuda a aumentar os níveis de endorfina, o que nos dá uma sensação de bem-estar.

Pode ser encontrada na proteína de origem vegetal: aspargos, grão de bico, lentilha, amendoim...

Vitaminas B e C

As vitaminas hidrossolúveis do tipo B e C são essenciais para o nosso bem-estar emocional e físico, pois desempenham um papel fundamental em nosso corpo. A falta de ambas as vitaminas causa cansaço e fraqueza. Além disso, as vitaminas B1 e B6 têm um papel muito importante no bom funcionamento do sistema nervoso.

O ácido fólico, também pertence a este grupo de vitaminas (B9) e, além de ser necessário para as mulheres grávidas, alguns estudos afirmam que a sua falta está relacionada com um aumento da propensão para desenvolver depressão.

A vitamina B é encontrada em proteínas de origem animal e vegetal: carne, peixe, ovos, levedura de cerveja, germe de trigo... O ácido fólico é encontrado, sobretudo, na fazenda, vegetais de folhas verdes e legumes. 

A vitamina C é encontrada em muitos vegetais e frutas , embora a maior concentração seja encontrada em pimenta, salsa, kiwi, brócolis e frutas cítricas.

Hidratos de carbono

Embora em uma dieta saudável não devamos abusar dos carboidratos, eles são essenciais para o nosso corpo. Eles são compostos de vários açúcares que são nossa principal fonte de energia e são liberados durante a digestão. É o alimento que mais rapidamente nos dá vitalidade - é por isso que está tão presente na dieta dos atletas - mas, além disso, nos deixa de bom humor, porque causa uma satisfação que outros alimentos não lhe dão. 

Pitaco Conceição Trucom: uma excelente forma de reduzirmos o consumo de carboidratos complexos, e seguir consumindo frutas, legumes e raízes ricos nestes açúcares, amidos e féculas, é passando tais alimentos pelos vários processos de fermentação. A fermentação é um cozimento biológico em que os microorganismos se alimentam dos carboidratos e deixam no rastro do seu ciclo vital grande quantidade de enzimas, aminoácidos, vitaminas (incluso as do complexo B) e sais minerais.

A seguir, Ros'Ellis Moraes sugere algumas “regras de ouro” que indica para o adepto ao vegetarianismo (crudívoro ou parcialmente), como orientação básica para manter o organismo saudável:

  1. Ingestão diária de ômega 3, através da linhaça e da chia, as PANC, as algas, e assim buscar o equilíbrio com o ômega 6.
  2. Uso de boas fontes de proteínas, sem exagerar nas oleaginosas, mas SEMPRE, previamente germinadas. Os crudivoristas americanos como a Victoria não germinam as sementes...
  3. Evitar temperar as receitas com óleos isolados, mesmo que sejam prensados a frio (são igualmente isolados).
  4. Consumo de verduras e brotos crus, uma boa quantidade, como fonte de sais minerais alcalinos. Podemos usá-los nos sucos verdes, nos smothies (preparações de frutas com verduras), nas saladas, nos tabules, etc. Verduras, como brócolis, salsão, rúcula, couve, alface, salsa, beldroega, dente-de-leão, alho porró, chicória, almeirão, agrião, devem fazer parte do cardápio.
  5. Ingestão de antioxidantes diariamente, se possível em maior quantidade. As frutas vermelhas, como mirtilo, amora, framboesa, pitanga, acerola, açaí, gogi, uvas escuras pequenas, são excelentes fontes de antioxidantes poderosos para proteger o organismo das doenças degenerativas.
  6. Uso de sal marinho (sem aditivos) e algas marinhas como fonte de iodo.
  7. Diminuição do sódio proveniente de alimentos industrializados e altamente processados, do sal refinado de mesa (mesmo que indique sal marinho) da dieta.
  8. Retirada de todos os alimentos biocídicos.
  9. Preferência, sempre, pelos alimentos orgânicos.
  10. Organização das refeições de tal forma que não haja impacto glicêmico no organismo. Podemos, por exemplo, aumentar a quantidade de frutas, desde que associadas às verduras.
  11. Ingestão de enzimas e água estruturada através do alimento cru.
  12. Atenção na combinação dos alimentos para manter uma boa digestão. Não coma em demasia.
  13. Manutenção das taxas de B12 acima de 450.
  14. Atenção, através de exames, se está assimilando a vitamina D suficiente através dos raios solares. Caso necessário, faça suplementação.
  15. Realização de exercícios aeróbicos com respiração consciente. 

(*) Ros’Ellis Moraes- Nutricionista do Restaurante Girassol (Brasília/DF). Autora do livro Alimentação Viva e Ecológica - edição independente. 

Leia também: Temos que consumir MENOS ÔMEGA-6

PROMOÇÃO GREEN FRIDAY
desconto + postagem gratuita

O poder de cura da Linhaça - Uma Sê-Mente sagrada que no plano físico é muito rica no ácido graxo essencial ômega-3, como também em fibras de elevado efeito desintoxicante. A semente da linhaça pode ser considerada um suplemento alimentar natural, necessário para a conquista do equilíbrio hormonal, da maior capacidade de ter energia e de se defender das agressões metabólicas da vida moderna. Por ser ideal nos preparos da Cosmética Natural, segue de brinde 1 PF1 (coador de voil para o preparo dos leites e géis de linhaça).

  

Páginas: 174 - Formato: 14 x 21 cm (brochura com orelhas)
Editora: Alaúde - 2015
Valor de capa + PF1: De R$30,00 + R$12,00

POR R$35,00

Postagem gratuita via Registro Módico*

- COMBO COSMÉTICA NATURAL: CADÊ O LEITE + AMO ABACATE + LINHAÇA + PF1:

De R$122,00 -> POR R$108,00

10% desconto + postagem gratuita via registro módico*

(*) ATENÇÃO: a postagem será gratuita para todo o Brasil como Registro Módico. 
Lembrando que Registro Módico é um sistema de envio econômico de livros, com valor único, porém os prazos de entrega variam de acordo com o CEP.
Quanto mais longe e menos urbano o CEP, maior o prazo de entrega. E no código de rastreamento que você irá receber constará somente a data de postagem e a data de entrega.


Assine o Doce Limão

1
mês
Assinatura mensal
R$ 20,00 /mês
Cobrança automática no cartão
Assinar
6
meses
Assinatura semestral
R$ 120,00
R$ 110,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar
12
meses
Assinatura anual
R$ 240,00
R$ 200,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar

 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine