Por que as pessoas ganham peso à medida que envelhecem?

Science Daily &  Karolinska Institutet *
Em: 09.set.2019
Tradução especial para Doce Limão Fernando Trucco **

Muitas pessoas lutam para controlar seu peso à medida que envelhecem. Agora, uma nova pesquisa do Karolinska Institutet, na Suécia, descobriu o motivo: a renovação de lipídios no tecido adiposo diminui durante o envelhecimento e facilita o ganho de peso, mesmo diante de uma redução calórica ou nos exercitemos mais do que antes. O estudo foi publicado na revista Nature Medicine.

Os cientistas estudaram as células de gordura em 54 homens e mulheres durante um período médio de 13 anos. Nesse período, todos os indivíduos, independentemente de terem ganho ou perdido peso, apresentaram reduções na taxa de renovação lipídica no tecido adiposo, que é a 'intensidade" como os lipídios (ou gorduras) nas células adiposas são removidos e armazenados.

Pitaco Conceição Trucom (sempre em itálico): quanto maior a taxa de renovação lipídica, menor o envelhecimento, menor a chance de obesidade... Forte isso não? Mas como influenciar na dinâmica desta taxa?

Comer menos calorias resolve?

Aqueles que não compensaram isso comendo menos calorias ganharam peso em média 20%, segundo o estudo realizado em colaboração com pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, e da Universidade de Lyon, na França.

Parece que não! Ou seja, só a redução calórica não foi suficiente... Claro que precisamos saber que tipo de redução calórica praticaram no estudo. Porque um jejum intermitente certamente daria melhor resultado...

Os pesquisadores também examinaram a renovação lipídica em 41 mulheres submetidas à cirurgia bariátrica e estudaram como a taxa de renovação lipídica afetou sua capacidade de manter o peso reduzido num período de 04 a 07 anos após a cirurgia. O resultado mostrou que apenas aquelas mulheres que tinham uma taxa baixa de renovação lipídica antes da cirurgia conseguiram aumentar a rotatividade de lipídios e manter a perda de peso. Os pesquisadores acreditam que essas pessoas podem ter tido mais capacidade para aumentar sua renovação lipídica do que aquelas que já tiveram um pré-operatório de alto nível.

"Por primeira vez os resultados indicam que os processos em nosso tecido adiposo regulam as alterações no peso corporal durante o envelhecimento de maneira independente de outros fatores", diz Peter Arner, professor do Departamento de Medicina de Huddinge, no Karolinska Institutet e um dos principais autores do estudo. "Isso pode abrir novas maneiras de tratar a obesidade".

E voltamos para a variável atividade física

Estudos anteriores mostraram que uma maneira de acelerar a renovação lipídica no tecido adiposo é exercitar-se mais. Esta nova pesquisa apoia essa noção e indica ainda que o resultado de longo prazo da cirurgia, melhoraria se combinado com o aumento da atividade física.

"A obesidade e as doenças relacionadas à obesidade se tornaram um problema global", diz Kirsty Spalding, pesquisador sênior do Departamento de Biologia Celular e Molecular do Karolinska Institutet e outro dos principais autores do estudo. "Compreender a dinâmica lipídica e o que regula o tamanho da massa gorda em humanos nunca foi tão relevante".

O estudo foi financiado por doações do Conselho do Condado de Estocolmo, do Conselho Sueco de Pesquisa, do Programa Estratégico de Pesquisa em Diabetes do Karolinska Institutet, da Fundação Novo Nordisk, da Fundação Sueca para o Diabetes, do Centro Sueco de Diabetes Karolinska Institutet-Astra Zeneca, da Fundação Vallee, Sociedade Sueca de Medicina, Fundação Erling-Persson Family e IXXI.

Pitacos finais: parece-me que a principal conclusão deste “modesto” estudo é que, se bem boas dietas (como a do jejum intermitente), e mesmo a cirurgia bariátrica, ajudam na perda de peso de pessoas obesas (ou compulsivas), o resultado de longo prazo é favorável apenas se acompanhado de atividade física e dieta realmente adequada... Vitalizante e Regenerativa!

Na verdade, nada muito novo, mas talvez seja importante as pessoas saberem que uma dieta restritiva de calorias, um jejum intermitente, e por último (e mais radical), uma cirurgia bariátrica por si só, não fazem milagre: a atividade física regular e frequente fazem absoluta e maior diferença.

Na verdade, quando refletimos sobre a natureza humana, que foi configurada para ser um coletor, depois um produtor de seu próprio alimento, o sedentarismo não cabe nesta genética humana... E agora, com o sedentarismo e os alimentos hipercalóricos e vazios de minerais e nutrientes, vazios incluso de conexão com a Mãe Natureza, a gênese humana está cobrando sua cota, seu retorno de Guidai: atividade física como alimento do cotidiano, como super-alimento.

E faz todo o sentido, porque ao praticarmos uma atividade física o mais vigorosa - digamos desafiadora - de forma frequente (o ideal seria diária, em casa ou caminhar), mais mobilização de energia, fluidos, sinapses, gorduras, detox... tudo acontece! Minha sugestão? A YOGA...

O estudo foi financiado por doações do Conselho do Condado de Estocolmo, do Conselho Sueco de Pesquisa, do Programa Estratégico de Pesquisa em Diabetes do Karolinska Institutet, da Fundação Novo Nordisk, da Fundação Sueca para o Diabetes, do Centro Sueco de Diabetes Karolinska Institutet-Astra Zeneca, da Fundação Vallee, Sociedade Sueca de Medicina, Fundação Erling-Persson Family e IXXI.

(*) Fonte: Science Daily - Fornecido por Karolinska Institutet
(**) Fernando Trucco: Tradução especial para Doce Limão. Confira em Professional TranslationsReprodução permitida desde que citadas as referências da fonte e do tradutor.

Saiba mais sobre nosso encontro de
IMERSÃO da Alimentação Regenerativa

AQUI

De 13 a 17 de novembro 2019 em Matutu/MG


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine