A Cruzinha de uma Crudívora

A Cruzinha de uma Crudívora

Conceição Trucom*

Alimentação Crua e Viva é muito mais que um jeito de se alimentar. Trata-se de um estilo de vida, de estar de BEM com a sua vida, com a sua natureza, com a sua casa, com o simples, com seus amigos e fornecedores, com seu bairro, com a natureza.

Hoje fala-se muito de sustentabilidade, mas os essênios, há séculos afirmavam: alimente-se somente daquilo que está ao alcance dos seus olhos. Decodificando: importados e industrializados estão fora desta forma de alimentar-se, sabe? O que mais vale é tudo que está à sua volta, principalmente as plantinhas e águas que nós mesmos produzimos. Ah! Meus brotos e germinados. Meus leites e queijos. Meus crakers e cookies! Só eles sabem do que mais preciso!!!

Segundo a Dra. Maria Luiza Branco: Dizem que a humanidade relembra o conhecimento da alimentação viva e crua quando a espécie está ameaçada. Por isso, ele aparece na vida cotidiana e desaparece, tendo sido mantido através dos tempos pelos naturalistas mais ortodoxos. Os tempos atuais, ao que tudo indica, estão chamando de volta o simples, o singelo, a alimentação que valoriza a vida como fomentadora da vida!

Mas, voltando ao estilo de vida ecosustentável, temos que começar por sermos ECO conosco. Com nosso corpo, casa e hábitos do sia-a-dia. Então, adoro minha cruzinha, adoro ser uma recicladora, de estar todo o tempo fazendo-a mais prática, bonita, saudável e sustentável. 

A primeira sacada é ter um jeito prático de jogar fora os lixos. Num mesmo espaço tenho os lixos separados. Embaixo (base bege) fica o lixo seco e na parte de cima (bacia branca) coloco o lixo 'moiado'.

Em comum a mesma tampa.

É super funcional...

O resíduo que extraio no preparo dos sucos, aquele que fica na panela furada, coloco em um baldinho separado que fica na área de serviço.

Depois que junto um tanto, ele vai lá para o jardim do prédio, passar uns 3-4 meses em compostagem.

A outra sacada é ter uma prateleira no canto da pia, com os principais ingredientes dos sucos do dia-a-dia que são as maçãs, limões, pepinos, cenouras e mangas, as quais amo de paixão. 

Ainda na pia tenho organizadas minhas peneiras e panelas furadas, que aliás estão penduradas em várias partes da cruzinha.

Afinal tenho e uso muuuuitas panelas, furadas, hehe! A que aparece nesta foto, pendurada na torneira, tem trigo germinando.

E, na parede as peneiras.

Na bancada tem coco de molho na água, germinando... 

Liquidificador e processadora ficam na bancada, sempre disponíveis para pronto uso. Ao lado, preso na parede, o filtro de carvão ativo, já que o antigo de barro não dava conta ao volume de água que uso no meu dia-a-dia, lavando as sementes, hidratando-as, preparando rejuvelac e água solarizada para tudo...

Bem, a geladeira principal da cruzinha são estes 2 móveis da foto, ambos da Cestarias Regio: um cesto de pic-nic que fica no chão com frutas mais pesadas como abacate, mamão, melancia, melão, jaca, abacaxi, etc.

E na fruteira vertical, com 3 gavetas hiper bem ventiladas, linda de viver, que inclusive não enferruja (aqui no Guarujá TUDO enferruja) e tem fundo de fórmica (fácil de higienizar), coloco laranjas, limões, tangerinas (os cítricos) e os legumes em geral: chuchu, beringela, inhame (tubérculos), jiló etc.

Procuro colocar frutas em gavetas separadas dos legumes...

A terceira gaveta é das cebolas, alhos, gengibres e demais condimentos. Na parte de cima coloco os potes de vidro com porções menores das sementes que mais uso no dia-a-dia.  

Na geladeira secundária, a convencional, devido ao grande consumo nos cursos que realizo, armazeno as sementes (leguminosas, oleaginosas e cereais) em potes de vidro com tampa, as frutas secas, o rejuvelac e as folhas.

Estas, embalo em caixas organizadoras, já lavadas e higienizadas, secas na centrífuga manual e isoladas do plástico por panos de prato de algodão.

Utensílio que não pode faltar nas mãos dos crudivoristas, são os mandolins ou processadores de legumes. Tenho e uso vários, que ficam numa gaveta especial da cruzinha... Claro que posso usar o ralador da processadora, mas uso os mandolins para pequenos preparos ou para fazer lasanhas, espaguetes, macarrões, dedinhos, bolinhas, ou seja, formatos especiais. Criatividade, sabe?

  

As panelas de barro que uso no preparo dos pratos amornados (sopas, ensopados, farofas, etc.), e são pesadas, ficam fora, organizadas por tamanho, no topo de um armário na área de serviço. Aliás, como não preparo frituras, uso bastante o topo dos armários para colocar utensílios e potes. 

Daí, aproveito para praticar alongamentos, hehe!  

 

Os temperos ficam em potinhos nesta estante giratória, que comprei de um senhorzinho lá de Mococa/SP. Bati os olhos e me apaixonei... Ao lado o sal marinho que môo com ervas e sementes, tornando-o menos salgado, mais aromático e digestivo. Confira receitas no final desta matéria.

Abaixo dos temperos, penduradas, montão de panelas furadas...

Os brotos e ervas, minhas plantinhas comestíveis, ficam todas na área de serviço, neste janelão, onde se enchem de luz, clorofilam e depois viram sucos de luz do sol, saladas e petiscos. Com madeira de sucata, cortamos várias taboas com 20 cm de largura, em toda a extensão das janelas, onde bate o sol da tarde, menos forte que o da manhã...

Já as garrafas de vidro onde produzo as águas solarizadas, ficam no peitoril da janela da sala, onde pegam o sol forte e poderoso da manhã. Vou colocando na ordem de chegada para facilitar de saber quais já estão solarizadas, cheias de prana e prontas para consumo e quais estão começando o processo. Perceba que uso garrafas de todas as cores, aproveitando para praticar também a cromoterapia...

Bem, seria isso por hora! Espero ter ajudado com algumas dicas de praticidade e simplicidade que somadas podem resultar no BELO, SANO e SABOROSO!

ACESSE MAIS IMAGENS EM NOSSA GALERIA
A Cruzinha de uma Crudívora


Assine o Doce Limão

Você gosta do nosso conteúdo? Seja um embaixador do Doce Limão e contribua para que ele continue sendo produzido! Além disso, você tem acesso a todo conteúdo de assinante: 11 cursos online (incluindo o Cosmética Natural), palestras, vídeos, receitas, e-books, suporte e muito, muito mais.
1
mês
Assinatura mensal
R$ 20,00 /mês
Cobrança automática no cartão
Assinar
6
meses
Assinatura semestral
R$ 120,00
R$ 110,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar
12
meses
Assinatura anual
R$ 240,00
R$ 200,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar

 

Loja Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossa loja. Clique e adquira já.


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine